Archive for the 'TV' Category

Resumos: BBC London News

20 de julho de 2013

Na série de posts mostrando pequenos resumos de telejornais ao redor do mundo, agora uma edição do informativo local da BBC para a região metropolitana de Londres. Repare no que parece ser uma janela translúcida para a redação escrito “BBC London” que na verdade depois se transforma em um monitor. A menos que seja cenário virtual foi bastante engenhoso.

Anúncios

Resumos: ABC News Midday Report

18 de julho de 2013

O Midday Report é um dos poucos noticiários feitos pela ABC australiana em edições nacionais. Os principais boletins de notícias à noite são estaduais e levam junto tanto as notícias locais como nacionais e internacionais. O modelo é adotado por quase todas as emissoras de TV australianas. Aqui a abertura e encerramento da edição do Midday do dia 17 de julho.

Resumos: CBC – The National

17 de julho de 2013

Enquanto o tempo não permite posts mais extensos, vou publicando algo que acho que pode agradar boa parte dos leitores: Pequenos resumos de telejornais ao redor do mundo. O primeiro é o “The National”, o principal noticiário da emissora pública canadense CBC

Cara de um, focinho de outro: ABC (EUA – 1990) e Ten (Austrália – 1992)

21 de maio de 2013

Uma nova seção para registrar as coincidências, e algumas nem tanto, entre emissoras de TV ao redor do mundo.
Pra começar: dois “promos”, uma da ABC nos Estados Unidos e do Channel Ten na Austrália:

***

Breves bastidores: 50 anos de Channel Nine por um espectador

18 de maio de 2013

Em 2006 o Channel Nine (Austrália) completou 50 anos de existência. Só que ao contrário do que se podia esperar a melhor homenagem, e a mais bem feita, apareceu no YouTube por algum fã:

Mais um game show? É, quem sabe… Sabe?

13 de maio de 2013

Dia 13 estréia na TV Cultura estréia o programa de perguntas e respostas “Quem Sabe Sabe”. Fica no ar uma mistura de antigo e novo um tanto difícil de explicar.

***

“Quem Sabe, Sabe!” (QSS) estreou nos anos 80 na Cultura. A idéia de ressuscitar ao menos o nome de uma atração empresta uma certa credibilidade para a nova empreitada da emissora. Mas é muito mais no presente que as apostas são feitas para essa nova-antiga atração.

Trazer um programa que abrange toda a família é uma “cola” que talvez funcione no abismo que é a programação atual da TV Cultura. Ela serve muito bem ao público infantil durante a manhã e a tarde mas fica sem continuidade para o horário da noite e o público mais crescido. Quem sabe… cola.

Outros fundamentos para acreditar que o QSS funcionará e irá se diferenciar do padrão de game show que vemos por toda parte é que, pelo menos pelo que sabemos até agora, haverá a utilização de um tabuleiro virtual e a terá interação com a “segunda tela”. Cenários virtuais tem se tornado uma contante na programação da TV Cultura: Guia do Dia, Pronto Atendimento, Matéria de Capa e Legião Estrangeira lançam mão do recurso. É bastante coisa. Bem, depois da fábrica de cenários ter sido desativada dentro dos cortes promovidos pelo atual presidente da Fundação Padre Ancheita João Sayad é até de se entender que isso tenha acontecido. (Longe de ter sido uma decisão certa, na minha opinião.) Mas se o recurso for utilizado no QSS será bem vindo, casando bem com a proposta jovem e online do programa.

O apoio da versão moderna do jogo sobre o conceito de ‘segunda tela’ também é coerente com a Cultura tem feito nos últimos tempos. Inclusive o domínio http://segundatela.tv é de propriedade da emissora. Um detalhe bem pensando para simplificar o uso. A segunda tela aplicada a esse tipo de programa pode funcionar muito bem. Quem nunca ficou chutando em casa um resposta que um participante da TV não sabia? Com inteligência e integrando isso de forma interessante ao programa pode essa participação do telespectador em tempo real pode deixar o programa muito mais interessante.

20130513-135227.jpg

O mais é assistir. “Quem Sabe, Sabe!” estréia dia 13 de maio, às 19:20

Breves bastidores: Jornal do Almoço – RBS TV Caxias do Sul / 2008

11 de maio de 2013

A RBS TV segue um padrão de jornais locais dentro dos regionais, ou seja, o Jornal do Almoço de Caxias entra como um bloco em cima do jornal vindo de Porto Alegre. No vídeo vemos toda a geração deste bloco direto da sala técnica, ou switcher. Não é um trabalho trivial controlar o tempo deste bloco, ainda mais numa emissora com menos recursos do que a sede em Porto Alegre.

Não sei se continua com a mesma estrutura até hoje, mas neste vídeo vemos as matérias sendo colocadas no ar através de fitas.

Para acompanhar melhor as operáções, os três monitores maiores mostram, da esquerda para a direta: o sinal vindo de Porto Alegre, o vídeo vindo do aparelho de VT e o sinal geral indo para a transmissão, ou PGM

Propaganda gratuita, Globo?

6 de setembro de 2011

Primeiro o Fantástico anuncia um documentário como da BBC:

Aí você faz uma busca na internet e descobre que…

E pra você que gosta da informação exata, “9/11 – State Of Emergency” foi uma produção da Nutopia para o Channel 4. Aliás, eles tem um documentário novo sobre a morte do Bin Laden que estreou hoje nos EUA. Ano que vem aqui no Brasil talvez. Quem sabe sob o nome da BBC também.

A origem dos cenários virtuais: O Scene Sync

17 de abril de 2011

Antes das técnicas de tracking por computador permitindo a inserção de imagens reais dentro de cenários virtuais os efeitos especiais se realizavam apenas com câmeras, maquetes e chroma-key. Mas entre estas duas eras houve a invenção do Scene Sync, uma tecnologia que abriu caminho para a criação de todos os sistemas de cenários virtuais que conhecemos hoje.

Neste pequeno documentário veiculado como extra do DVD do episódio “Meglos” da série Doctor Who câmeras, diretores e técnicos mostram como esta solução engenhosa colaborou com a evolução dos efeitos especiais.

A primeira transmissão de TV ao vivo através do Atlântico

17 de abril de 2011

Trecho do excelente documentário “The Satellite Story” disponível no YouTube. (A imagem serve de link para o YouTube, já que a BBC Worldwide desativou a opção de incorporação dos vídeos)

Como citado no vídeo, uma música foi lançada em homenagem ao satélite Telstar. Levando o nome do mesmo, o grupo “The Tornados” alcançou o primeiro lugar das paradas de sucesso da época com ela. Ouça esta música na íntegra no player abaixo: